mão segurando celular com app de mobilidade urbana buski aberto, ao fundo está a cidade de Diamantina

Buski: o app de mobilidade urbana de Diamantina

Conheça o Buski, app de mobilidade urbana de Diamantina que está fazendo sucesso no interior de Minas Gerais.

Diamantina é uma cidade no interior de Minas Gerais, mais especificamente entre os Vales do Jequitinhonha e Mucuri. Segundo o último censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a cidade possui 45.880 habitantes.

Além de ser lar da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri, Diamantina é conhecida por ser a terra natal do presidente Juscelino Kubitschek e Patrimônio da Humanidade pela Unesco.

Foi nessa pequena cidade turística do interior de Minas, que o empreendedor Diego Margonari de Ávila, de 34 anos, lançou o Buski, app de mobilidade urbana que está fazendo muito sucesso na região.

Dono de uma loja de veículos, Diego há quatro anos voltou às salas de aula para estudar turismo e foi no final do curso que veio a ideia de lançar um app de mobilidade urbana.

Ele conta que quando chegou a hora de fazer seu Trabalho de Conclusão de Curso, sua orientadora deu a ideia de fazer algo que envolvesse transporte, já que ele trabalhava na área. “Nesse dia veio o nome da Uber na mesa e por minha cidade ser patrimônio histórico da humanidade, pensei na hora no benefício que isso traria à população se realmente saísse do papel”.

Assim, o Buski virou realidade. Diego conta que no mês que teve a ideia para lançar o app, o Buski já iniciava suas atividades. “Tinha tanta certeza na visão que tive, que quando saí da aula com o insight, fiz os contatos necessários, fechei contratos e fiz as divulgações ao meu alcance”.

Empreendendo no setor de mobilidade urbana de uma pequena cidade

Apesar de Diamantina ter menos de 50 mil habitantes, Diego conta que sempre acreditou no potencial de sua cidade. Afinal de contas, a cidade mineira é uma das poucas no mundo com título de patrimônio da humanidade.

Além disso, ele conta que sempre quis fazer algo que facilitasse a vida das pessoas. Por isso, segundo ele, não teria ramo melhor. “Estou em uma cidade universitária, polo de saúde e educação, com potencial enorme em turismo. (…) Tinha tudo para dar certo, manejado de forma correta”.

Atualmente, Diego conta que o aplicativo toma mais seu tempo do que sua loja de veículos. Segundo ele, eles acabaram virando também uma empresa de marketing. Afinal, precisam estar atentos em todos eventos que acontecem na cidade e, assim, impulsionar conteúdo pelas redes sociais e muitos mais.

Além disso, outra estratégia de marketing que o gestor do Buski destaca é o uso de influenciadores locais para dar mais credibilidade ao aplicativo.

Temos uma rotina diária de coletar todos os eventos que julgamos serem positivos para divulgação e buscamos a parceria oferecendo nossos serviços e em troca eles incentivam o uso dos nosso app. O investimento nessa parte é pesado, mas necessário!

Diego Margonari de Ávila – Gestor do Buski

Além do turismo, a cidade se destaca pelo fluxo de estudantes e professores universitários. Por ser uma das principais cidades do Vale do Jequitinhonha, Diamantina acaba recebendo muitas pessoas de outras cidades que vem para estudar ou para tratamentos de saúde.

Os desafios de ser um gestor de um app de mobilidade urbana

Para o gestor do Buski, o mercado de aplicativos surpreendeu em relação ao seus desafios. Ele conta que apesar de ter sido usuário da Uber, não imaginava tanto trabalho e nem os desafios que envolvem esse mercado.

Nesse ponto, ele destaca que a concorrência é realmente desafiadora, mas importante para tirar da zona de conforto e fazer a empresa evoluir cada vez mais. “Com certeza a concorrência é o maior desafio desse mercado. Quando chegamos só tínhamos nós, mas agora estão aparecendo outros apps. Não conseguimos ver isso como uma coisa ruim”.

Agora estamos indo além. Com o desafio de outros aplicativos, estamos hoje investindo na marca, de forma que as pessoas criem amor. Tentamos voltar benefícios para a sociedade. Além disso buscamos sempre oferecer descontos em datas especiais e iniciamos agora vistorias nos carros dos motoristas, para que se tenha mais segurança, conforto e prazer no consumo do serviço.

Diego Margonari de Ávila – Gestor do Buski

Para os motoristas, Diego conta que o Buski oferece monitoramento contínuo da plataforma. Além disso, ele revela que estão iniciando um programa de fidelização para motoristas, dando incentivo para quem tiver mais corridas.

O futuro do Buski e do mercado de aplicativos de mobilidade urbana

Agora, Diego diz que o aplicativo pretende investir cada vez mais em fidelização, através de um sistema que se integre com a plataforma do Buski.

“Queremos fazer algo no estilo de pontuação, por exemplo, a cada corrida o motorista ganha um ponto e ao final pode trocar por algum produto”.

Além disso, o gestor do Buski não esconde os planos de expandir o aplicativo até mesmo para o exterior.

Em relação ao futuro tanto do Buski quanto do próprio mercado de aplicativos de mobilidade urbana, Diego é otimista.

“As pessoas precisam sempre ir e vir, esse fluxo não para nunca, mas acredito que aparecerão novamente novas formas disruptivas no mercado, e caberá a nós nos reinventar novamente”.

Acompanhe o Buski nas redes sociais

Para saber mais do app de mobilidade urbana de Diamantina, acompanhe eles pelo Facebook do Buski ou pelo site buski.com.br.

Se estiver por Diamantina, não deixe de conferir o aplicativo. Ele está disponível para os passageiros tanto para Android quanto para IOS.

Para os motoristas, o aplicativo está disponível no Buski – Motoristas na Google Play.