3 vantagens de ser motorista particular corporativo

O mercado de aplicativos de transporte nacional é uma realidade. Centenas de motoristas utilizam, diariamente, suas próprias plataformas para atender milhares de passageiros nos quatro cantos do país. Mas você já pensou em ter um público mais específico? O motorista particular corporativo pode te oferecer isso.

No transporte corporativo, os apps fecham parcerias com empresas e trabalham levando seus funcionários para eventos, reuniões ou viagens. Mas por que essa modalidade é vantajosa? Neste artigo vamos apresentar três vantagens da parceria corporativa tanto para empresas quanto para os motoristas.

Retorno financeiro

O motorista particular corporativo é vantajoso para os dois lados da parceria. As empresas que contratam os serviços economizam de diversas formas. Primeiro, por não precisar ter carro próprio, economizando, assim, com salários de motoristas, combustível, eventuais consertos, revisões e IPVA. Depois, o orçamento para viagens pode ser estabelecido no contrato e a empresa pode se planejar sem qualquer surpresa na hora do pagamento. Uma espécie de sistema pré-pago.

Já para os motoristas, as vantagens também são grandes. Isso porque eles terão uma renda fixa de viagens garantidas ao longo de todo mês. Além disso, evita o transtorno emocional e financeiro do cancelamento da viagem. O motorista terá a garantia de que pegará seu passageiro, o levará ao destino e receberá pela corrida, sem se deslocar, gastar combustível e, no meio do caminho, ter a viagem cancelada e receber apenas uma porcentagem.

Organização

O motorista particular corporativo otimiza o tempo das duas partes. Os funcionários não precisam esperar a disponibilidade dos táxis convencionais ou a chegada dos motoristas dos apps. Com a viagem pré-agendada, eles têm o carro à disposição no horário marcado e com a garantia de que chegarão a tempo no seu destino.

A forma de pagamento também é otimizada com o transporte corporativo. O pagamento é centralizado, ou seja, ele é realizado pelo gestor através de cartões e boletos. Alguns apps disponibilizam também o pagamento através de e-ticket, reduzindo o uso de papéis de voucher.

Além disso, as corridas são monitoradas pela empresa, evitando fraudes por parte de funcionários mal intencionados.

Do lado dos apps, as centrais podem dividir as corridas igualmente para que todo sos motoristas tenham o mesmo lucro. Podem, ainda, escolher o melhor para aquela viagem. Por exemplo, determinado motorista pode conhecer melhor uma rota do que outro. Assim, a organização oferecida pela parceria corporativa proporciona a melhor e mais eficiente experiência para os dois lados.

Segurança

Uma preocupação pertinente nos dias de hoje é com a segurança tanto dos passageiros quanto dos motoristas. Só neste ano, diversos casos de motoristas de táxi convencionais ou de apps assaltados por supostos passageiros foram denunciados. Da mesma forma, relatos de clientes enganados por motoristas também são comuns. Sem falar, é claro, da condição dos carros.

Por isso, o modo corporativo é mais uma garantia de segurança, uma vez que os motoristas passam por processos específicos antes do acordo ser firmado e podem, dependendo do acordo, ser escolhidos e avaliados diretamente pelo gestor da empresa. Quanto aos passageiros, todos os funcionários precisam ser previamente cadastrados, identificados, com permissões de uso definidas, justificativa da viagem – esta pode ser acompanhada do início ao fim pelo gestor.

Por fim, a empresa pode também escolher qual modelo de carro gostaria de que o app utilizasse. Pode, também, definir especificações que os carros devem seguir, se adaptando, assim, as necessidades dos seus funcionários. Desta forma, o transporte corporativo se consolida como um dos meios mais seguros e eficazes tanto para os apps de transporte como para as empresas.